quarta-feira, 16 de março de 2011

Deitada ao Meio - fio .


Deitada ao meio fio, olho para uma estrada que ah tempos ousei caminhar, mas hoje paro diante dela, e fico a espera do que ela me fará. Percebo que ela continua da mesma maneira que a deixei, me trazendo lembranças de coisas que vivi aqui. Continuei deitada, sem me preocupar com as pessoas que ali por perto transitavam, me olhando de uma maneira impiedosa, continuei ali, talvez a procura de uma resposta para as coisas que ali ficaram ou talvez a espera da minha própria volta, pois aquele lugar me pertencia como a qualquer outra pessoa que ali frequentasse, ele guardava tudo o que eu sempre desejei e conquistei fazendo daquele momento, um momento propício a reflexão, mostrando as escolhas que fiz e as que deixei de fazer, mas acima de tudo, me dando espaço para analisar o que eu tinha feito e escolhido até hoje.

Por: Iazmin Lima Abreu.

2 comentários:

  1. - Muiito lindo. E eu sei de que estrada se refere. ^^ ;D

    ResponderExcluir
  2. (: Eu sei que você sabe. E muito obrigada ! ^^'

    ResponderExcluir